O ENSINO DE LEITURA EM LÍNGUA INGLESA SOB A ÓTICA DOS GÊNEROS,
MULTILETRAMENTOS E DA MULTIMODALIDADE: DO LIVRO DIDÁTICO À
PRÁTICA DE PROFESSORES DA ESCOLA PÚBLICA

Nome: Vanessa Tiburtino
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 15/02/2019
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Záira Bomfante dos Santos Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Maria Alayde Alcantara Salim Suplente Interno
Maria Zenaide Valdivino da Silva Examinador Externo
Rita de Cassia Cristofoleti Examinador Interno
Záira Bomfante dos Santos Orientador

Resumo: Considerando que a multimodalidade está presente em todos os textos que circulam socialmente, torna-se elementar observar como os potenciais de significação podem ser trabalhados no processo de ensino e aprendizagem. É possível notar que, nos últimos anos, as possibilidades de modificar o ensino de língua inglesa nas escolas em práticas mais significativas aos alunos aumentaram bastante, devido a alguns fatores, entre eles, à implantação do Livro Didático (LD) de línguas adicionais nas escolas públicas de ensino e à expansão do acesso à internet e aparatos digitais.
Sendo assim, esta pesquisa busca, à luz dos estudos dos Multiletramentos e da
abordagem multimodal, investigar o ensino da leitura de língua inglesa como língua adicional em duas escolas públicas de ensino médio do município de Nova VenéciaES a partir das análises dos textos dispostos nos livros didáticos (LD) e seus desdobramentos nos discursos e práticas dos professores em sala de aula durante aulas de leitura. Para tanto, recorre-se à noção de gênero textual abordada por Bakhtin (2011 e 2014), tendo como princípio o ensino de línguas com base no texto (ANTUNES, 2007). Destarte, o trabalho se ancora nas contribuições de Kress (2010a e 2010b), Cope e Kalatanzis (2006) e Rojo (2009) para observar a paisagem semiótica dos textos, mais especificamente, os textos materializados nos livros didáticos. A partir do aporte teórico-metodológico dos Multiletramentos (New London Group, 1996) na apreciação do LD, na análise dos discursos dos professores por meio de entrevista e na observação de aulas de leitura, utilizando a metodologia da pesquisa participante numa abordagem qualitativa, os resultados apontam para uma
concepção de ensino de linguagem como prática social, muito embora ainda haja dificuldade de transposição didática destas perspectivas para o contexto de ensino.
Constata-se também a necessidade de aprofundamento numa abordagem didática que se volte à Prática Transformada, visto que esta foi a proposição metodológica dos Multiletramentos cuja manifestação foi mais tímida em sala e é justamente ela que oportuniza um engajamento na recriação e ressignificação dos potenciais sentidos produzidos nos processos de meaning making, o que colaborará na formação de um cidadão agenciador e designer de significados.
Palavras-chave: Gêneros. Leitura. Livro Didático. Multiletramentos.
Multimodalidade.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia Governador Mário Covas, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-540