O Ensino de História em escolas do Ensino Médio Regular Noturno na Rede Estadual no Município de Serra - ES: uma análise de práticas docentes na apropriação do currículo formal.

Nome: Ailton Marcos dos Reis
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 13/12/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Ueber José de Oliveira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Miriã Lúcia Luiz Examinador Externo
Rita de Cassia Cristofoleti Examinador Interno
Sandro Nandolpho de Oliveira Suplente Externo
Ueber José de Oliveira Orientador
Záira Bomfante dos Santos Suplente Interno

Resumo: O presente trabalho é um estudo qualitativo que visa trazer contribuições para as pesquisas destinadas ao ensino de História, especialmente as de âmbito regional, analisando a História Ensinada, em uma amostragem de escolas do município de Serra – ES, no Ensino Médio Regular Noturno, segmento de ensino este que tem sido pouco pesquisado, especialmente no Estado do Espírito Santo. A principal indagação que norteia o trabalho é: “quais práticas de ensino de História os docentes realizam no Ensino Médio Noturno na Rede Estadual do Espírito Santo?” Procuramos analisar as formas pelas quais os docentes se apropriam do currículo formal e o transformam em currículo praticado. Através de entrevistas semiestruturadas, do acompanhamento do cotidiano dos sujeitos participantes da pesquisa, em sua rotina de trabalho, e por meio da análise documental de seus registros de planejamentos, dos cadernos dos educandos e dos livros didáticos utilizados, buscamos perceber, a partir dos dados obtidos, nas práticas desses docentes, as influências das diferentes correntes historiográficas, quais relações se destacam entre currículo formal e currículo praticado e as características mais marcantes da História Ensinada no objeto estudado. Para dar maior fundamentação à análise proposta, apresentamos também um pequeno panorama das diferentes correntes historiográficas, buscando apontar as influências que elas tiveram sobre a História Ensinada, bem como estabelecemos um breve histórico da constituição da História enquanto disciplina escolar. Concluímos que a característica mais marcante do currículo real de História praticado pelos docentes participantes de nosso estudo é aquilo que Sacristán (2000) denomina de “currículo moldado pelos professores”, no qual estes sujeitos ativos, moldam, a partir de sua leitura de mundo e da sua cultura profissional, as proposições que lhes são colocadas, provocando alterações na estrutura dos significados das prescrições curriculares oficiais. A base teórica que fundamenta este estudo é proveniente dos conceitos de prática, apropriação e representação (CHARTIER 1988), bem como estratégia, tática e astúcia (CERTEAU, 2009). Em relação à questão curricular, nos orientamos por Moreira e Silva (2001), Sacristán (2000) e Silva (2007). O caminho metodológico utilizado é a pesquisa participante (BRANDÃO, 1987; DEMO, 1984; SCHMIDT; 2006).
Palavras-chave: Ensino de História. Práticas Docentes. Currículo. Historiografia.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia Governador Mário Covas, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-540