Uma perspectiva contemporânea da Física a partir de Interlocuções Bakhtinianas.

Nome: Wither Favalessa dos Santos
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 28/06/2019
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Franklin Noel dos Santos Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Breno Rodrigues Segatto Examinador Externo
Franklin Noel dos Santos Orientador
Rita de Cassia Cristofoleti Examinador Interno

Resumo: Esta pesquisa analisa uma aula de física e um texto didático, buscando compreender as potencialidades didáticas desse texto quando inserido na dinâmica da sala de aula. Nela é assumido como referencial teórico e metodológico a perspectiva histórico-cultural do desenvolvimento humano de Lev Semenovitch Vygotsky (1896-1934) e a teoria enunciativa discursiva de Mikhail Mikhailovich Bakhtin (1895-1975). A pesquisa é dividida em dois eixos, o primeiro, orientado pelo dispositivo para análise bakhtiniana, que aborda uma análise dialógica enunciativa de um texto didático de título “Sistemas Físicos” para a compreensão de como o enunciado do texto se posiciona em relação aos temas: visões deformadas em relação ao trabalho do cientista presentes na escola e principalmente no livro didático e os problemas relacionados a inserção da Física Moderna e Contemporânea na Educação Básica, e o segundo eixo que busca uma análise dos processos de produção de sentido em circulação na aula. Para realização da análise foram gravados áudios dos encontros que tive com a professora para preparação das aulas assim como da aula, que aconteceu em uma turma de EJA numa EEEFM (Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio) de São Mateus. A análise do enunciado do texto didático aponta para um texto potencialmente disruptivo com as práticas didáticas tradicionais da Física, pois, se posicionando a partir da perspectiva do autor sobre o trabalho científico dos físicos rompe-se com visões essencialmente positivistas da ciência, propõe uma forma alternativa de inserção da FMC (Física Moderna e Contemporânea) na Educação Básica e apresenta dimensões importantes do método científico como a simplificação e a hipótese. A análise das interações em sala de aula revelou uma relação de subordinação dos alunos em relação a discursos de autoridade tanto do professor quanto de discursos presentes na internet, nessa relação os alunos expressaram concepções ultrapassadas sobre o trabalho do cientista, com visões empiristas, mecanicistas e positivistas e o debate socializado para a compreensão do movimento em vídeos levou a internalização de conceitos científicos e a compreensão de característica do tratamento analítico, simplificado e artificial das situações estudadas pelo trabalho científico.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia Governador Mário Covas, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-540