Educação de jovens e adultos: uma proposta de sequência didática com caráter investigativo no ensino de Química

Nome: Márjory Santiago Fonseca Andrade
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 22/02/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Ana Nery Furlan Mendes Orientador
Sandra Mara Santana Rocha Co-orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Ana Nery Furlan Mendes Orientador
Gilmene Bianco Examinador Interno
Marcia Regina Santana Pereira Suplente Interno
Marcos Vogel Suplente Externo
Sandra Mara Santana Rocha Coorientador
Sidnei Quezada Meireles Leite Examinador Externo

Resumo: Este trabalho apresenta os resultados da pesquisa de Mestrado em Ensino na Educação Básica, que busca investigar o perfil dos alunos da modalidade de ensino Educação de Jovens e Adultos (EJA) e propor sequências didáticas de ensino e aprendizagem de química que contemple às necessidades destes alunos. A pesquisa foi desenvolvida com os alunos e a professora de química do 2º ano do ensino médio da EJA, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Nestor Gomes, localizada no bairro Nestor Gomes (Km 41), na cidade de São Mateus/ES. A pesquisa obedeceu ao delineamento do tipo qualitativa, caracterizada como pesquisa-ação. Para traçar o perfil da turma, foi aplicado aos alunos um questionário diagnóstico contendo questões a cerca da idade, gênero, meio de transporte e tempo gasto de casa até a escola, trabalho e estudos. Para a escolha dos conteúdos das sequências didáticas, foi realizada uma entrevista semiestruturada com a professora de química para definir aqueles os quais os alunos geralmente apresentam maior dificuldade de aprendizagem. Com isso, foram definidos os temas “soluções” e “equilíbrio ácido-base”. As técnicas de coleta de dados foram pré e pós-questionários aplicados aos alunos, relatos de experiência pessoal, entrevistas com a professora de química e observações, com o intuito de obter informações relevantes e consistentes a respeito da validade do método. A análise dos questionários foi baseada na análise de conteúdo de Bardin. Os dados do questionário diagnóstico revelam que o perfil da turma é jovem, grande parte dos alunos trabalham no período diurno e gastam mais de trinta minutos de casa à escola. A falta de tempo, aliada à necessidade de trabalhar, afastaram grande parte dos alunos da escola por alguns anos. As características da turma revelam particularidades que merecem um olhar especial e diferenciado, através da adaptação dos conteúdos e metodologias de ensino que contemplem às necessidades destes educandos. A entrevista com a professora de química revelou as dificuldades enfrentadas na adaptação dos conteúdos e metodologias para os alunos da EJA, aliadas, contudo, à vontade de adaptá-los às necessidades destes educandos. As sequências didáticas foram elaboradas de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais de Química (PCN), com uma abordagem investigativa, visando à aprendizagem significativa por parte dos alunos. A análise dos dados obtidos através dos questionários, relatos, entrevistas e observações mostrou que a metodologia aplicada possibilitou aos educandos a oportunidade de reconstruírem e reelaborarem seus conceitos prévios sobre soluções e equilíbrio ácido-base, o que revela o potencial significativo do processo de ensino e aprendizagem com a aplicação das sequências didáticas. Autores como Ausubel, Moreira, Dewey e Delizoicov fundamentam teoricamente a pesquisa a respeito da aplicação de sequências didáticas de caráter investigativo com foco na aprendizagem significativa.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia Governador Mário Covas, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-540