O ensino de língua inglesa como língua adicional e os currículos: um estudo na perspectiva da pedagogia dos multiletramentos

Nome: Andressa Biancardi Puttin
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 16/04/2019
Orientador:

Nomeordem crescente Papel
Záira Bomfante dos Santos Orientador
Rita de Cassia Cristofoleti Co-orientador

Banca:

Nomeordem crescente Papel
Záira Bomfante dos Santos Orientador
Rita de Cassia Cristofoleti Coorientador
Jair Miranda de Paiva Examinador Interno
Daniel de Mello Ferraz Examinador Externo

Resumo: O currículo tem sido um campo de investigação para muitos pesquisadores nas últimas décadas. Há muito tempo o currículo deixou de ser apenas uma área meramente técnica, voltada para questões de métodos e passou a ser uma área de problematização, voltada para compreender as relações de poder, influências ideológicas, culturais e sociais que o permeiam (APPLE, 2006; YOUNG, 2007, 2010, 2011, 2014; KANU, 2006; DUBOC, 2015; entre outros). Associado principalmente à língua inglesa, que tem expandido consideravelmente nos últimos 20 anos impulsionada pela globalização, capitalismo acelerado e neoliberalismo, o currículo na contemporaneidade, tem buscado atender, cada vez mais, a essas demandas em detrimento de uma educação linguística significativa. Consequentemente, novas identidades e novas práticas de letramento têm sido percebidas no âmbito escolar derivadas dos diferentes contextos nos quais os sujeitos encontram-se inseridos, desafiando, dessa forma, o trabalho docente que, nos últimos anos, tem sido voltado para ir além do processo de alfabetização com o propósito de alcançar e valorizar as diferentes práticas de letramentos e as diferentes identidades dos indivíduos no meio escolar por meio de uma pedagogia mais problematizadora e crítica (THE NEW LONDON GROUP, 1996, KALANTZIS; COPE, 2008, KRESS, 2000, 2011; ROJO, 2010; entre outros). Portanto, este trabalho visa investigar como os currículos e seus desdobramentos têm influenciado a elaboração de propostas curriculares, especificamente o Programa de Ensino de Língua Estrangeira do município de São Mateus/ES, à luz da pedagogia dos Multiletramentos, assim como entender de que forma os professores dialogam com essa proposta. Para tanto, foi feita uma pesquisa de caráter exploratório de cunho qualitativo por meio de uma análise documental e entrevista semiestruturada. Os resultados revelam os desafios dos professores perante uma proposta engessada e tradicionalmente elaborada, e como estes têm buscado, por meio de uma abordagem crítica, articular o conhecimento proposto à realidade escolar, a fim de oferecer aos alunos a possibilidade de participarem socialmente, culturalmente e criticamente de novas experiências por meio do estudo de uma outra língua.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia Governador Mário Covas, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-540