A FÍSICA EM ESPAÇOS NÃO FORMAIS DE ENSINO: UMA PROPOSTA DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NA CIDADE DE SÃO MATEUS NORTE DO ESPÍRITO SANTO

Nome: Igor Donizete Nunes Bravo
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 11/06/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Marcia Regina Santana Pereira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Flavio Gimenes Alvarenga Examinador Interno
Giuseppi Gava Camiletti Examinador Externo
Gustavo Viali Loyola Suplente Externo
Marcia Regina Santana Pereira Orientador
Rodrigo Dias Pereira Coorientador
Sandra Mara Santana Rocha Suplente Interno

Resumo: O presente estudo disserta sobre a proposta de realização de uma exposição científica, itinerante e interativa num espaço não formal de ensino na cidade de São Mateus, norte do estado do Espírito Santo. A exposição intitulada “Que onda é essa?” se configura como uma atividade de divulgação científica em um espaço não formal de educação. Todo o projeto, desde a concepção, até a construção, foi desenvolvido com bases nos conceito de ondas e som. Para a sua confecção, foram construídos oito módulos experimentais e banners que juntos compõem a cenografia da exposição e garantem a narrativa da mesma. Iniciando pelo conceito de onda transversa, longitudinal, reflexão, onda estacionária, ressonância, Figura de Chladni, tubos aberto e terminado com o conceito de onda em tubo fechado. Para garantir a mensagem da exposição, foram treinados oito monitores, para fazerem mediar à exposição e ajudar o público a compreender a mensagem da mesma. Durante a exibição da exposição no espaço não formal escolhido, observou-se a interação do público com os módulos experimentais, monitores e demais visitantes. Como resultado, verificou a presença de interações do tipo minds-on, hear-on, hands-on, e dialogues-on. Além dessas modalidades de interações observadas, percebeu-se que a exposição gerou bastante diálogos e intervenções com o publico que a visitou. Ainda em relação ao público, observou-se através do livro de visitas que a exposição recebeu visitas de pessoas de vários bairros da cidade e também de outras cidades. Como conclusão, a exposição cumpriu com seu papel de passar ao público temas de ondulatória de forma clara. O trabalho se mostrou altamente positivo para a continuação de atividades de divulgação científica em espaços não formais de ensino. Ainda revelou pontos que precisam ser reestruturados para se ter uma melhor qualidade em futuras exibições.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia Governador Mário Covas, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-540